domingo, 28 de setembro de 2008

E se eu for uma frigideira?









"Um grupo de amigas. Um irmão gay. Uma carreira engatinhando. Um carro novo. Uma traição. Uma noite broxante. Um plano mirabolante. Uma promessa não cumprida. Uma repaginada no visual. Uma balada GLS. Um encontro às escuras. Uma sociedade. Um reencontro ruim. Uma gravidez. Um acidente de percurso. Uma festa surpresa. Uma crise dos 20. Um casamento. Uma trilha sonora. Um reencontro bom. E uma pergunta que não cala: E se eu for uma frigideira?"





Há tempos que não posto nada de realmente bom aqui, então vou recompensar vocês.. Esse momento marketing é só para informar do lançamento do livro da Fernanda Pinho. Livro recém lançado e que pela sinopse, promete muito. Não li ainda, mas vou ler. E espero que vocês façam o mesmo, para que ela ganhe milhões e lance outros. Então, fica a dica.



Maiores informações, aqui: E se eu for uma frigideira?

7 comentários:

Dinha disse...

Se vc tá recomendando vou ler.

e adorei o titulo. hihih

bjim
;***

Mari Mazzinghy disse...

Nepotismo hein kakau? kkkkk

bjooo

Kakau Tendrás disse...

Nepotismo é para os fracos, tô puxando saco mesmo. =P

Nathana disse...

;)

__jey disse...

gosto dessa cor azul bic, e desses nomes rubricados.
você seria uma boa design, se não fosse ser uma boa dentista. :)
te amo, keikeu, e aceito o livro como presente!
bjs.

Blogueiro Lecal disse...

Valeu pela dica

Petite Femme disse...

Não sei se foi nesse sentido que a autora quis usar a alegoria, mas acho que o que mais temos por aí são pessoas-frigideiras. Pessoas que acabam não sentido mais as coisas por estarem com o botão "automático" acionado.

bjs