sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Nem tão sozinho assim

Entrou em casa, tirou a blusa e jogou no sofá. Tirou o tênis e chutou pro lado.Abriu a geladeira e pegou uma garrafa d'água. Bebeu tudo em um gole só.Jogou a garrafa na pia. E seguiu pro computador. Ligou, e enquanto ele ligava, trocou de roupa.Voltou, checou e mails, respondeu os que devia e conversou no messenger.Desligou tudo.Ligou o som, escolheu aquele cd que gostava, apagou todas as luzes e começou a dançar sozinho.Pegou um energético e começou a beber com gelo, como gostava.E dançou sozinho boas músicas.Percebeu que estava sozinho e ainda sim se sentia bem.Lembrou que ela estava no seu peito.E se descobriu não tão sozinho assim. Ela agora fazia parte dele, como nunca fizeram antes.

4 comentários:

Dih disse...

Nem sei oq diizer. vc é a minha escritora prediiletaaaaa.
ameii oo teextoo.
:D

:**

isabelafbraga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu? disse...

Nossa!!!Lindo demais,igual esse(a) aqui de cima fiquei sem palavras, lindo demais, continue assim que vc vai longe.

Yaas disse...

nossa, muito lindo...
REALMENTE!Comoveu...
Continue assim [2]