terça-feira, 1 de julho de 2008

Frágil – eu tenho vontade de partir, tanta vontade de ir embora. Para que me protejam, para que sintam falta. Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço. Um dia, você mandará um cartão-postal de algum lugar improvável. Bali, Madagascar, Sumatra. Escreverá: penso em você. Deve ser bonito, mesmo melancólico, alguém que se foi pensar em mim num lugar improvável como esse. Comovo-me com o que não acontece, sinto frio e medo. E no meu promíscuo exercício para pisar no real, finjo que não fantasio. E fantasio, fantasio.
Seria tão bom se pudéssemos nos relacionar sem que nenhum dos dois esperasse absolutamente nada, mas infelizmente nós, a gente, as pessoas, têm, temos – emoções. E até o último momento esperei que você me chamasse pelo telefone. Penso, com mágoa, se deveria desistir, pois à medida que vou vivendo, andando, viajando, vou ficando cada vez mais estrangeiro.. 'Deveria haver um porto!' Tudo não passa de um ontem não resolvido, algo que se perdeu no momento em que cessou, embora deixe saudade nos dias de chuva.
Ainda espero que seja doce e vou abraçar a minha loucura antes que seja tarde demais.
Então, por favor, não se perca de mim!

9 comentários:

Ma Yamada disse...

Nossa!
Muito bom!

Bjim

Giuh disse...

nossa, muito boa a cronica
ei posso te linkar?



http://sorrisosdeplasticos.blogspot.com/

Patricia disse...

ihhh... fikei meio confusa nesse texto hein.. rsrrs
mas eh isso aih brasileiras forever
ahahahaha
pra variar seu texto eh sempre mto belo neh!
e eu pensarei mesmo em vc qndo eu estiver em madagascar!
hahahahaahahaha


s2

bjo

Diiiinha disse...

Pq***.
hahahaha. Pra não terminar a palavrinha feeia, né.
Jeeey do céu, ficou lindo demais seu texto.
Parabens. vc escreve realmente MUITOO beeem.
[=

sauudades bebeezinhaa.
:**

ana disse...

Adoro sempReeeeeeeeeeeee!!!


:)


gatA d+

Alice Daniel disse...

Gsotei imensamento do jeito que escreves.
Parabéns!

Kiko disse...

Legal encontrar um texto tão particular que fale de coisas que todos nós sentimos....

qualquer um que ler... vai se perceber nessa história...


Parabéns...

lindo texto, lindo Blog

Victor Moraes, disse...

abraçar a loucura - adorei isso.
bela maneira com a qual fez das palavras uma bela crônica!

Kakau Tendrás disse...

Não li. Mas ficou bom, tá?

Ps: Eu li. Mas fiquei sem ter o que comentar. Não me odeie.